Faturamento e horas trabalhadas na indústria aumentam em agosto, mas atividade do setor ainda é considerada fraca

A atividade da indústria brasileira melhorou em agosto, com alta de 0,6% do faturamento do setor (em relação a julho) e aumento de 0,1 ponto percentual da utilização da capacidade instalada, que alcançou 78,1%. Os dados são da pesquisa Indicadores Industriais, realizada mensalmente pela CNI – Confederação Nacional da Indústria.

De acordo com a entidade, mesmo com o desempenho positivo de agosto, os índices de atividade estão próximos aos de 2018, ano que foi fraco para a indústria.

Segundo Marcelo Azevedo, economista da CNI, “a expectativa é que o ritmo atual de recuperação se mantenha nos próximos meses. Não há, contudo, perspectiva de aceleração desse movimento, de forma que o resultado da indústria em 2019 dificilmente irá se descolar muito do de 2018. A indústria ainda tem estoques em excesso e não há expectativa que a demanda se acelere muito até o fim do ano, limitando o ritmo de atividade do setor”.