GM inaugura linha de motores em Joinville

A nova fábrica da empresa contou com investimentos da ordem de R$ 1,9 bilhão em novas tecnologias e edificações, tornando-a uma das operações de sistemas de propulsão com maior nível de automação.

Segundo Luiz Fernando Duccini, gerente-geral da fábrica de Joinville, muitos processos desta nova linha de motores estão alinhados com os preceitos da Indústria 4.0. “Temos, por exemplo, empilhadeiras autoguiadas realizando o abastecimento de componentes usinados e motores finalizados. Cerca de 20% da nossa frota de empilhadeiras é autônoma, enquanto as demais são equipadas com uso eficiente de energia limpa”.

Além disso, os dispositivos de automação da linha de montagem e usinagem escaneiam o código de cada peça e selecionam automaticamente o programa correto para fabricar aquele tipo de motor, ajustando os parâmetros de manufatura, quando necessário.

Entre os avanços implementados na nova fábrica, está ainda o monitoramento do consumo de utilidades de água, ar comprimido e energia por linha e processo produtivo, tanto no setor de usinagem, como na linha de montagem dos motores.

Adicionalmente, 90 robôs operam um sistema integrado e inteligente, no qual todas as peças são monitoradas pelo seu número serial.

A nova linha produz os motores 1.0 turbo e aspirado de três cilindros do novo Onix e do Onix Plus, fabricados em Gravataí (RS). Com ela, a capacidade produtiva da fábrica passou de 174 mil motores por ano para 410 mil unidades.

Fábrica de motores da GM em Joinville, cujo tamanho quadruplicou para receber a nova linha.

Fábrica de motores da GM em Joinville, cujo tamanho quadruplicou para receber a nova linha.