LEPE investe R$ 1 milhão para produzir nova linha de turbinas

A LEPE investiu R$ 1 milhão na aquisição de dois equipamentos que serão utilizados no desenvolvimento de uma nova linha de turbinas que está sendo trabalhada pela empresa.

Com isso, o seu parque fabril passa a contar com uma nova máquina de usinagem de origem coreana, que custou cerca de R$ 700 mil, e um espectrômetro de origem alemã.

Nas palavras de Wilson de Francisco Júnior, diretor-comercial, “em tempos difíceis da economia, temos que aproveitar todas as oportunidades que aparecem. Uma coisa é querer investir, a outra é ter capacidade para fazê-lo. Tudo o que acontecer em 2019 vai refletir em 2020. O céu é o limite e tudo pode acontecer, mas estamos muito otimistas”.

A empresa estima encerrar o exercício 2019 com crescimento de 10% frente ao ano passado. “Tivemos um primeiro semestre de queda, mas o segundo apontou melhora. Para 2020, pelos números que enxergamos das programações futuras, teremos um novo crescimento de 10%, dessa vez frente a 2019”, explica Wilson.

De acordo com o executivo, este crescimento pode ser até um pouco maior, na faixa dos 15%, em razão de negócios que sendo finalizados e que agregarão novos itens à carteira da empresa.

A LEPE opera hoje com cerca de 50% de sua capacidade instalada de 1.500 toneladas mensais. A sua produção é 95% é absorvida pela indústria nacional. O restante, como coletores, alavancas, suportes, polias, tampas, pedais, carcaças e volantes, é exportado para os Estados Unidos, China, Tailândia e Argentina.