Desempenho do setor automotivo tem melhora discreta em fevereiro

Segundo balanço divulgado pela ANFAVEA – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, após um janeiro “mais fraco, a indústria automobilística apresentou discreta melhora nos indicadores em fevereiro”.

Produção

Mesmo com um dia útil a menos, o mês fechou com a produção de 165,9 mil unidades; +14,1% em relação a janeiro.

Com isso, o primeiro bimestre de 2022 é encerrado com desempenho -21,7% inferior ao do mesmo período de 2021, quando a crise de abastecimento de semicondutores não era uma realidade.

Licenciamentos

Os licenciamentos totalizaram 129,3 mil autoveículos em fevereiro, +2,2% em relação a janeiro e -22,8% sobre fevereiro de 2021.

Luiz Carlos Moraes, presidente da ANFAVEA, afirma que é esperada “uma boa reação do mercado em março, um mês mais longo, sem feriados, com vários modelos com preços reduzidos nas lojas e historicamente mais aquecido que janeiro e fevereiro”.

Exportações

As exportações do setor surpreenderam positivamente, com o embarque de 41,4 mil unidades em fevereiro, +49,6% do que em janeiro e +25,4% que em fevereiro de 2021.

No acumulado do bimestre, os embarques cresceram +17,3% sobre igual período do ano passado.

Redução do IPI e guerra na Ucrânia

A redução de -18,5% do IPI para automóveis e comerciais leves foi recebida com entusiasmo pelo setor. “É sempre muito bem-vinda qualquer proposta que alivie a pesada carga tributária sobre a indústria de transformação no Brasil. A redução do Custo Brasil, embora ainda tímida, é benéfica não só para o setor industrial, mas também para a geração de empregos, para os consumidores e para a sociedade como um todo”, afirmou Moraes.

Por outro lado, há a invasão da Ucrânia pela Rússia. Nas palavras do presidente, “ainda é cedo para avaliarmos os inevitáveis reflexos negativos sobre a economia global e sobre o fluxo da cadeia logística do nosso setor, mas estamos atentos e preparados para mitigar os danos e buscar alternativas em caso de falta de insumos ou componentes”.