Governo projeta elevar participação de ferrovias de 20% para 40% em 2035

 

A informação foi dada por Tarcísio de Freitas, ministro de Infraestrutura, com base nos novos investimentos em curso.

“Esse acréscimo de oferta ferroviária vai representar uma redução expressiva do frete. [O valor] já tem caído. Tudo que está sendo feito tira força do plano nacional de logística e coloca prioridade no interesse privado, que não se furtou e resolveu pedir [autorizações para novas ferrovias privadas]. O privado está percebendo oportunidade” (Discurso realizado no programa Pro-Trilhos, sobre o setor ferroviário).

Fonte: Valor Econômico