Indústria de fundição europeia retoma confiança no 1T21

Segundo publicado pela CAEF – The European Foundry Association, o índice de confiança da indústria europeia de fundição segue em tendência de recuperação.

O FISI* – Foundry Industry Sentiment Indicator apresentou alta de 1,0 ponto em março, fechando o primeiro trimestre de 2021 em 105,3 pontos, o equivalente ao nível pré-crise.

Os principais motivadores desta avaliação são as situações atuais das fundições de ferro e aço.

Por outro lado, as fundições de não ferrosos estão sofrendo com as incertezas na fabricação internacional de veículos, devido a gargalos no fornecimento de semicondutores, a exemplo do que acontece também no Brasil.

Para os próximos meses, a perspectiva do setor é mais “cética”, principalmente em razão das discussões e incertezas quanto ao fornecimento e uso de vacinas para conter a pandemia da COVID-19 na Europa.

Outro índice tabulado pela CAEF é o BCI** – Eurozone Business Confidence Indicator, que em março voltou a ficar positivo pela primeira vez desde agosto de 2019. O índice aumentou pelo décimo mês consecutivo, estando em 0,29.

grafico

*FISI – European Foundry Industry Sentiment Indicator é um índice que fornece informações sobre o desempenho da indústria de fundição europeia. Ele é publicado pela CAEF – The European Foundry Association todos os meses, sendo baseado em respostas de pesquisas feitas entre as fundições associadas à entidade, que são convidadas a avaliar a situação atual dos seus negócios e expectativas para os próximos seis meses.

**BCI – Business Climate Indicator é um índice publicado pela Comissão Europeia. Ele avalia as condições de desenvolvimento do setor manufatureiro na zona do euro a cada mês, valendo-se de cinco parâmetros: tendências de produção, pedidos internos, pedidos externos, estoques e expectativas de produção.